.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Mais de 600 pessoas agurdam por um transplante no Maranhão

- O Ministério da Saúde registrou um aumento no número de transplantes em todo o país no primeiro semestre deste ano. O Maranhão não aparece entre os Estados com maior número de doadores, nem de transplantes realizados.
Pelos números da Central de Transplantes do Hospital Universitário Presidente Dutra, em São Luís, mais de seiscentas pessoas aguardam na fila pela doação de um órgão, gente que depende apenas de um ato de amor ao próximo. Assista à reportagem de Dalva Rêgo, da TV Mirante.
O aposentado Manoel Salgado passou quase quatro anos à espera de um rim. Um tempo de bastante sofrimento. Mas o transplante foi feito e com sucesso. O caso ilustra as estatísticas positivas do governo federal quando o assunto é doação de órgãos.
Segundo o Ministério da Saúde, o número de transplantes de órgãos feitos no Brasil no primeiro semestre de 2010 cresceu quase 17% em comparação ao mesmo período de 2009. Mas no Maranhão, o índice não acompanhou a realidade nacional.
Em todo o país, foram realizados 2.397 procedimentos do tipo entre janeiro e junho deste ano, contra 2.033 do ano passado. Já no Estado, foram 82 transplantes neste primeiro semestre, sendo 10 a menos que em 2009.
De acordo com a Central de Transplantes do Maranhão, atualmente existem 642 pessoas na fila de espera por uma córnea e mais 724 aguardam um rim. São pacientes que, muitas vezes, morrem durante o tratamento. Gente que precisa muito de uma doação.
A Central de Transplantes em São Luís funciona no Hospital Materno-Infantil, que fica na Rua Silva Jardim, Centro da cidade. O telefone para contato é 2109-1212.
Foto: Flora Dolores/O Estado

Um comentário:

  1. Olá blogueiro,
    É muito importante também incentivar a doação de órgãos e conscientizar as pessoas sobre a importância deste gesto de solidariedade.
    Para ser doador de órgãos não é preciso deixar nada por escrito. O passo principal é avisar a família sobre a vontade de doar. Os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. Divulgue a ideia e salve vidas!
    Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir

Barrafest.com.br - Aqui o destaque é você!

Deixe um Anúncio ou um Recado pra quem você quiser aqui ▼

☞ Seguidores Parceiros. Seja Você Também Um Seguidor do Maior Portal de Notícias De Barra do Corda.